Tipos de Perturbação – Lydia Davis

tipos

Tipos de Perturbação da contista norte americana Lydia Davis segue a linha de contos experimentais, são cinquenta e sete contos, a maioria são de contos pequenos, porém tem alguns maiores.  Um dos pontos mais interessantes é a quebra de um dos padrões primordiais de qualquer narrativa começo, meio e fim, pelo contrário os contos lembram fotografias no sentido de pegar pequenos recortes do dia a dia.

Os temas para os contos podem até ser recortes cotidianos, mas os pontos de vista, ou estilo de narrativa da autora porém passam longe do obvio, me deixando fascinado como a forma como cada conto depois de acabado me deixa com a impressão de que foi trabalhado detalhadamente até atingir um nível artístico.

Saudades: um estudo de cartas escritor por alunos de uma classe de quarto ano primários desejando melhoras a um colega apesar de ser irritantemente longo (minha dica é não leia ele antes de dormir se você está realmente afim de dormir o mais rápido possível) é o meu conto favorito, nele a autora analisa cartas escritas pelos alunos de uma sala desejando melhoras a um colega doente a mando do professora, a autora faz uma análise de personalidade, estilo de escrita e outras minucias de cada aluno, como um verdadeiro estudo linguístico.

Colaboração com a mosca por sua vez é minúsculo, duas linhas, onde uma mosca pousa ne uma palavra transformando assim em acento gráfico.  Ideia para um documentário de curta metragem é outro dos contos mínimos o conteúdo do conto é: “Representantes de diversos fabricantes de produtos alimentícios tentando abrir suas próprias embalagens.” Também entra nesta mesma linha o conto Solitária: “Ninguém me liga. Não posso verificar se tem recado na secretaria eletrônica porque não saí de casa. Se eu sair, talvez alguém ligue enquanto estiver fora. Aí poderei checar se há recados quando voltar.”

Enquanto os contos pequenos são focados, não acredito que isso seja intencional, em recortes cotidianos que pode acontecer com qualquer um, os grandes são situações que parecem fugir da normalidade; Coisas que descobrimos a respeito do bebê é quase um estudo de como a chegada de um filho novo muda a vida da sua mãe em pequenas coisas que vistas rapidamente podem parecer normal, Kafka prepara o jantar é um conto sobre o que o próprio nome revela o escritor angustiado diante da escolha de um prato para o jantar com uma mulher, A senhora D e suas empregadas é uma espécie de inventario sobre a relação de uma dona de casa com as várias empregadas que passaram pela sua casa e as respectivas frustações causadas a cada troca de empregada, Helen e Vi: um estudo sobre a vitalidade é um conto que tem como base a comparação de vários pontos da vida de duas senhoras de idades.

Em Tipos de Perturbação a palavra de ordem parece ser diversão os contos são engraçados e sempre inusitados, apesar dos que são mais curtos me deixarem com a impressão de que me envolvi menos.  É após ler o livro e ver as várias situações criadas por Lydia Davis que dá para entender como foi que a autora ganhou o Man Booker Prize 2013.

 

Anúncios

Uma resposta em “Tipos de Perturbação – Lydia Davis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s