A Valise do Professor – Hiromi Kawakami

valise

 

 

Se tem uma adjetivo para qualificar o estilo de escrita da japonesa Hiromi Kawakami seria sincero, é uma escrita limpa, sem jogos com o leitor e também sem reviravoltas mirabolantes, afinal cá entre nós quantos livros você já leu em que um personagem é dado como morto depois volta a narrativa, por meios que muitas vezes desafiam qualquer lógica e coerência textual? com certeza eu já li muitos assim.

Tsukiko é uma mulher de trinta e oito anos que frequenta   um bar várias noites para comer e beber, um dia ela se dá conta de que o bar é frequentado, com a mesma assiduidade que a dela, pelo seu antigo Professor, trinta anos mais velho que ela. Após se reconhecerem mutuamente eles vão se aproximando e passam a fazerem companhia um ao outro, uma vez que ambos são solitários, ela solteira e ele viúvo. E disso vai surgindo o delicado amor.

Desta aproximação aos poucos surgem encontro cotidianos fora do bar, uma feira ao ar livre, uma viagem para uma ilha, um passei com o dono do bar a fazendo de seu primo para pegar cogumelos, e por ai vão surgindo programas, simples mas que porém fazem parte da cultura japonesa. Não importa qual seja as situação são sempre amenas, mas expõe o desenvolvimento da relação entre eles, e surgimentos de empecilhos emocionais, em especial por parte de Tsukiko, é dela que surge ciúmes, decepção e medo na relação. Estes sentimentos são o contraste da relação, uma vez que o Professor   é sempre sereno, e equilibrado. Mais do que características para definir cada personagem, as personalidades dos dois são assim dispostas no romance para mostrar que Tsukiko ainda é uma mulher indo em busca de uma maturidade e o amor que ela desenvolve em relação ao Professor é o sinal de que finalmente sua vida tem um foco.

O arquétipo da mulher no Japão também fica exposto de forma nítida, ao longo de 228 páginas não são raras as vezes em que Tsukiko é recriminada seja pelo Professor, ou por seu antigo colega de sala, de que ela não é delica, graciosa, e elegante como todas as outras mulheres.  Mas isso não impede que Kojima, que é seu antigo colega de sala e que na adolescência teve um encontro com ela ainda a ame. Não é só ela que sofre estas imposições, a ex mulher do Professor é lembrada, e julgada, por ele por   não ser uma mulher serena e ajuizada.

É desta mesma ex mulher que vem as partes inusitadas da narrativa, foi com ela que em um passado remoto o Professor passou por situações hilárias; 1) ela comeu cogumelos alucinógenos que causa riso, e após isso ficou rindo até irritar seu filho e seu marido, 2) ela reencarna o cachorro do seu filho e passa a latir durante o jantar, 3) ela pratica ilusionismo.

Não é à toa que com este romance Hiromi Kawakami ganhou Prêmio Tanazaki de 2001, é um romance totalmente simples e delicado, Tsukiko e o Professor só podem viver o seu amor quando ambos estiverem preparados para isso, ele não se limitando por causa dos tabus, e ela se descobrindo mais madura a partir das situações em que tem o Professor como um guia.

Anúncios

Uma resposta em “A Valise do Professor – Hiromi Kawakami

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s