Norwegian Wood- Haruki Murakami

NORWEGIAN_WOOD_1248790583B

Todo autor tem um estilo próprio, que em geral está presente na maioria das suas obras e cria uma espécie de identidade de cada autor, na forma como ele escreve, desenvolve ou narra seus livros. No caso do autor japonês Haruki Murakami seus romances são mascados por fatos fantásticos, que perpassam a realidade cotidiana dos seus personagens. Mas existem livros exceções em que um autor escreve algo totalmente diferente do que é comum em toda sua obra anterior, e é este o caso do romance Norwegian Wood.

Neste livro, ao contrário da maioria dos livros de Murakami, não existe nenhum elemento fantástico ou fatos insólitos, mas mesmo assim consegue ser imensamente interessante. Na cidade de Tóquio, nos anos sessenta o jovem Toru Watanabe um dia se encontra com Naoko, ao andar por acaso nas ruas da cidade, mas na verdade isto é um reencontro, ambos já se conheciam quando Naoko namorava Kizuki, o melhor amigo de Toru na adolescência, que um ano antes do reencontro de Toru e Naoko havia se suicidado. A partir deste reencontro Toru e Naoko passam a se apaixonar, mas se sentem traindo Kizuki.

Ao mesmo tempo na universidade onde Toru estuda em Tóquio, ele conhece durante suas aulas de História da Arte Midori, que ao contrário de Naoko é extrovertida, expansiva e liberal, enquanto esta é melancólica, introvertida. A relação de Toru e Naoko vai se desenvolvendo de forma lenta e gradativa, até que está decide se internar em uma clínica de recuperação, nas montanhas.

Mas a vida dele não se resume a elas duas, apesar de elas serem eixos importantes dela, Toru é desconectado das pessoas ao seu redor e demonstra poucos sentimentos e empatia, o que gera em alguns momentos reclamações disso por parte de Midori e Nagasawa (o único amigo homem de Toru).

Norwegian Wood, é diferente do que já li do autor (a trilogia 1Q84), não só por não ter elementos fantásticos, aqui a história flui de forma calma e segura, formando uma história consistente e sem lacunas, ou excessos. A diferença se dá   não só por ser um livro menos comercial do que sua trilogia, mas pelo cenário e período da vida de Toru, onde ele está se tornando adulto (o livro abrange entre seus dezoito e vinte anos), é desta forma que Murakami nos envolve com uma história de amor delicada e melancólica, não sendo atoa que através deste livro o autor foi alçado a categoria de escritor cult.

 

 

 

 

Anúncios

3 respostas em “Norwegian Wood- Haruki Murakami

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s