As Ligações Perigosas – Choderlos de Laclos

AS_RELACOES_PERIGOSAS_1313707333B

A muitos anos atrás era muito mais fácil chocar a sociedade do que nos dias de hoje, eu acredito que talvez   seja pelo fato de hoje tudo ser explorado e noticiado exaustivamente pela mídia, o que acaba fazendo com que pouquíssimas coisas sejam novidade. Mas na França do período aristocrático não era assim tão comum algumas coisas, e é claro daí que quando um autor lança um livro que nem é o caso do As Ligações Perigosas, que fala de dois seres humanos manipular outros, sem escrúpulos algum só para seu prazer, a educação de uma mulher para ser dissimulada e ter casos extraconjugais, torna-se rapidamente um livro polêmico e mau falado. Se por um lado é um livro mau falado por outro ele não é um livro rejeitado, desde seu lançamento em 1782 o livro costuma vender facilmente e atrair grandes números de leitores.

O livro é um compilação de 175 cartas de um grupo de pessoas que fazem parte da sociedade francesa da época, os personagens centrais são a Marquesa de Merteuil e o Visconde de Valmont, dois seres maquiavélicos, que veem nos outros apenas objetos para seus prazeres. O Visconde está tentando seduzir a Presidenta de Tourvel que é casada, enquanto a Marquesa, em uma espécie de pacto com ele, quer que ele use seus galanteios para seduzir e desvirtuar a jovem Cécile Volanges, está jovem por sua vez está prometida em casamento, contra as sua vontade, e se vê apaixonada pelo Cavaleiro Dancey, paixão pela qual a sua mãe não aprova de modo algum.

É nesta intrincada trama que o autor usará para mostrar a sociedade francesa da época tal qual ela é, seus vício hipocrisias, e segredos, mas como pano de fundo também se mostra a perda da inocência, as relações amorosas e sexuais e a infidelidade. O visconde e a Marquesa não se poupam de artifícios para que consigam manipular a todos a sua volta, sem em momento algum se importarem nem mesmo um com o outro.

No primeiro momento em que decidi ler este livro a sensação é como se ele me  sugasse,  é um livro  bem construído, e  muito bem escrito, que tanto pode servir como uma obra de arte que retrata os costumes da sociedade da época, como um livro para grande diversão do leitor, que foi o meu caso, nele  vemos criaturas que só se movem em relação aos seus desejos, enquanto uns se movem a ele ( Marquesa e Visconde) outros se movem em repulsão a ele, como é o caso da Presidenta de Tourvel, quando se descobre apaixonada por Valmont.

Outro ponto   que conta muito para o escritor é o fato de dele ter conseguido sustentar uma trama que tem como forma de escrita as cartas, e mesmo assim conseguir   criar vozes distintas e que soa convincente, para   vários personagens. Mas para mim o grande mérito desta obra é conseguir fazer com que o leitor   fique preso a uma história, sem com isso deixar de ser bem construída e elaborada de forma extremante elegante.

Anúncios

Uma resposta em “As Ligações Perigosas – Choderlos de Laclos

  1. Achei Ligações Perigosas completamente absorvente. Desses de se ler de uma tirada se possível. Um livro importante, com muitas referências a ele em obras posteriores. Um clássico.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s