Sangue no olho – Lina Meruane

SANGUE_NO_OLHO_1422286748433242SK1422286748B

Uma coisa que eu tenho certeza, de que se um dia me acontecer, eu ficarei bem abalado é se eu perder a visão, pois como a maioria das pessoas este é um dos sentidos que eu mais uso no meu dia a dia, seja para trabalhar, para me orientar, mas meu motivo principal não seria por isso, e sim pelo fato de que minha maior diversão é ler, mentira na realidade esta é minha única diversão que se manteve ao longo de todos os anos da minha vida, até agora.

E é isso o que está acontecendo gradativamente no romance Sangue no olho, primeiro livro publicado no Brasil da escritora chilena Lina Meruane. Narrado em primeira pessoa o livro conta a história de Lina (na verdade seu nome completo é Lucina), uma escritora que vive em Nova York, e que pouco tempo antes de se mudar para um novo apartamento para morar com seu namorado, Ignacio começa a ir perdendo a visão, pois tem sangue dentro do seu olho.

O oftalmologista com que ela se consulta é um renomado médico especialista em perca de visão, mas nem ele, nem mesmo nenhum outro especialista, pode dizer ao certo se ela voltará a enxergar ou se ficará cega para sempre. Então enquanto ela dá um tempo antes de tentar uma cirurgia que pode definir de vez sua situação, Lina decide viajar para o Chile, para passar um tempo com os seus pais.

Mas quando ela chega na casa da sua família lhe vem de volta um sentimento já experimentado com Ignacio, ao mesmo tempo em que ela se sente insegura e ser protegida também sente necessidade de mostrar sua independência e ser deixada em paz, nem que seja só por alguns momentos. E este tipo de comportamento no começo faz com que a personagem Lina soe irritante e ingrata, o que não quer dizer que isso torne o livro de forma algum chato, muito ao contrário, se ela só fosse submissa e maleável ai sim, teríamos um livro tedioso.

O livro segue no estilo de autoficção, não só no nome da personagem que é igual da escritora, mas no próprio contexto da doença que Lina teve na vida real também, e além de tudo tanto personagem quanto escritora fizeram doutorados tendo como objeto de pesquisa a doença na literatura.

Uma das coisas que mais aprecie durante a leitura, além da ótima história, é a escrita que parece ser lapidada para tirar todo o excesso, criando o efeito de que o texto parece uma faca, direto e incisivo, causando um profundo incomodo no leitor. É justamente por ser este um texto que nos mantém preso do começo ao fim, unido a capacidade meticulosa de lapidar seu romance, que faz com que eu indica, e muito este livro, seja para quem busca um entretenimento, ou para quem busca uma obra de arte em forma de livro. Para os preguiçosos de plantão são apenas 192 páginas, deliciosas por sinal.

Anúncios

Uma resposta em “Sangue no olho – Lina Meruane

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s